PY2GEA
Grêmio de Radioamadores da Rodada Encontro de Amigos

Por uma Melhor Qualidade de Vida

Obesidade, hipertensão, disfunções coronarianas, insônia, estresse, nervosismo. Estas são apenas algumas conseqüências da falta de atividade física regular. Engana-se quem pensa que estes males afligem apenas os homens de idade adulta. Nos países mais desenvolvidos, assim como nos centros urbanos brasileiros, a obesidade infantil e a alta incidência de problemas cardíacos entre mulheres têm assombrado a comunidade médica com sua progressão acelerada.   
Para evitar e combater estes males da vida moderna, a fórmula é uma só: melhorar a qualidade de vida da pessoas, através da prática regular de atividades físicas, de muita informação e pela aquisição de hábitos saudáveis.
Mas e a parte estética? Emagrecimento, redução de gordura localizada e celulite, modelar o corpo de forma harmônica, tornando-o mais bonito, são conseqüências inevitáveis de um programa de exercícios, e não um objetivo principal. É claro que os resultados estéticos aparecerão através da atividade física, porém, só serão mantidos com hábitos de vida saudáveis. Quando a prioridade é apenas a parte estética, muitas vezes se coloca em risco a saúde, o que de fato não vale a pena.

A hora certa de começar

Não existe idade ideal para começar nem para deixar de fazer exercícios: na verdade, assim como reservamos um tempo do nosso dia para tomar banho ou escovar os dentes, deve haver um tempo reservado para alguma atividade física. Entretanto, a infância é a época de maior fixação de hábitos, destacando-se, entre eles, o da prática de exercícios.
Sabe-se que indivíduos que praticam atividades físicas por toda a vida não apresentam um declínio tão acentuado da capacidade funcional, e que as pessoas maduras e idosas reagem da mesma forma ao treinamento, ou seja, conseguem excelentes resultados musculares e cardiovasculares ao iniciarem um programa de exercícios físicos.
Segundo um estudo do American College of Sports Medicine, as doenças da terceira idade não podem ser atribuídas apenas à idade avançada, mas sim (e principalmente) ao sedentarismo prolongado, que provoca perda de massa muscular (gerando problemas de posturas e metabólicos), altera as funções respiratória e neuromuscular e diminui a funcionalidade do indivíduo, que passa a ter dificuldade de executar as tarefas diárias mais simples.

Os benefícios da atividade física regular
Reduz o risco de morte prematura
Reduz o risco de morte por disfunções cardíacas
Reduz o risco de desenvolver diabetes
Ajuda a reduzir a pressão alta em pessoas que sofrem de hipertensão
Reduz o rico de desenvolver hipertensão
Reduz o risco de desenvolver câncer de cólon
Reduz os sentimentos de ansiedade e depressão
Ajuda a controlar o peso
Ajuda a construir e manter ossos, músculos e articulações saudáveis
Ajuda adultos mais velhos a se tornarem mais fortes e serem capazes de se mover sem quedas
Promove o bem-estar psicológico

Obs.: Este texto foi extraído de pesquisas na internet. O original se encontra arquivado

Volta PY2GEA Volta Saúde