PY2GEA
Grêmio de Radioamadores da Rodada Encontro de Amigos

O S T E O P O R O S E

QUAIS AS CONSEQÜÊNCIAS DESTE ENFRAQUECIMENTO?

COMO PREVENIR

COMO EVITAR FRATURAS

Exercício e Osteoporose
Qual é o papel que os
ossos saudáveis desempenham na saúde e na mortalidade humana? Considere os seguintes dados: de acordo com pesquisadores da Mayo Clinic, a perda de massa óssea com o passar dos anos – ou osteoporose – mata mais mulheres norte-americanas do que o câncer de mama. A National Osteoporosis Foundation relata que a osteoporose causa, nos Estados Unidos, 1,5 milhão de fraturas ósseas anualmente em homens e mulheres com mais de 50 anos.
Ambos, homens e mulheres, sofrem de osteopenia – perda de minerais nos ossos, como resultado do processo de envelhecimento. O osso é um sistema de tecidos ativos e vivos, que se adaptam constantemente às mudanças hormonais, nutrição e estresse físico. A absorção de cálcio pelos ossos tende a diminuir com o passar dos anos, e o resultado é a diminuição da densidade óssea.
Várias pesquisas científicas apontam para os exercícios resistidos e contínuos como um importante fator preventivo deste mal, podendo minimizar ou retardar o processo de osteopenia. Por outro lado, aumentando a massa muscular e o equilíbrio, o exercício também diminui a possibilidade de quedas e conseqüentes fraturas.
Assim, a atividade física é considerada, nos dias atuais, um recurso importantíssimo no combate e revenção da osteoporose. Algumas dicas:
Exercícios com carga (musculação, por exemplo) são bastante indicados;
Atividades ao ar livre (como uma caminhada) também oferecem vantagens, já que a vitamina D proveniente do sol (antes das 10 horas e após as 16 horas) auxilia a fixação do cálcio pelos ossos.
No período pós-menopausa é importante fazer reposição hormonal, prescrita por um endocrinologista.

Obs.: Este texto foi extraído de pesquisas na internet. O original se encontra arquivado

Volta PY2GEA Volta Saúde